terça-feira, 29 de setembro de 2009

CANTANDO COM MARIA


" Chegou a hora de pagar a velinha! Vano cantá aquela naniquinha! parabéns pá bocê! Parabéns pá bôce, pelo seu nunuversálio! (Maria Eduarda - 2 anos e 2 meses)

FOTOGRAFANDO...

Parece até que os cachos de Maria estão passeando pelo mato verdinho em direção ao pôr-do-sol!

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

FUUUUMMMMM ! BAFOU!


Há um bom tempo atrás BAFAR era pegar algo sem permissão de forma abrupta.
Bom, mas os novos tempos são anunciados com Maria Eduarda, BAFAR é soltar pum!
Não consigo ficar sem rir com este verbete de Maria! É sensacional!
Como sempre sofro acusações das minhas filhas de que acho TUDO que Maria faz sensacional, esta vai para a minha coleção!
Maria não perdoa nem poupa ninguém! Se você BAFAR ela vai te denunciar! Faz essa carinha da foto e fummmmmmm ! bafou!

A SERPENTE QUE QUERIA SER DIFERENTE


Na Serra da Boa Viagem vivia a mais inconformada das serpentes que já pode existir no lugar. Todos os animais dali comentavam que Filó era a criaturinha mais insatisfeita do planeta. Nada estava bom para ela, vivia sempre reclamando: - Oh! Vida!Hoje não estou satisfeita, vivo sempre a me arrastar... Ninguém fale comigo! Eu não quero conversar! Logo quando o sol chegou iluminando as folhas, cheias de gotas de orvalho, Filó resmungou: - Este sol está quente demais!

- Por que está tão insatisfeita Filó? Perguntou o mosquito Manuelino.

- Eu queria voar como um mosquito. O Senhor acha isso esquisito?

- Não! Não! Mas temos a nossa contribuição na natureza, todos os animais aqui nesta linda Serra precisam uns dos outros! Manuelino partiu voando até desaparecer dos olhos atentos de Filó. Ao voltar para sua casa à noite, encontrou uma velha amiga.

- Boa noite Filó!

- Boa noite! Respondeu Filó muito impaciente

- Por que tanta tristeza e raiva Filó? Perguntou a pequena serpente de corpinho colorido.

- Eu queria ser colorida! Isso é pedir muito na vida?

- Cada ser nasce do seu jeito Filó, tem cores e formas diferentes! Assim cada um de nós tem participação para a harmonia da natureza! Você é tão bonita!

- Bonita que nada! Eu queria ser diferente! Resmunga Filó a caminho de casa.

No dia seguinte, Filó estava entre as folhas, quando avistou a raposa Sinhá desesperada, pois seu filhote estava no alto da árvore e não conseguia voltar. Ele havia caído dentro do tronco oco da árvore. Os pássaros já haviam tentado socorrer o filhote, mas mesmo sabendo voar, não conseguiam entrar no orifício do tronco. O mosquito Manuelino também tentou, mas seu corpinho fino e pequeno, não poderia puxa-lo de lá. A sua melhor amiga, toda colorida, se esforçou, mas seu corpo não era tão robusto e forte para salvar o filhote. Filó deslizou lentamente até o galho mais alto, entrou no tronco da árvore e enrolou-se no filhote arrastando-o de volta até o chão.

- Obrigada Filó! Agradecia feliz dona Sinhá.

- Conte sempre comigo! Filó respondeu orgulhosa.

- Ainda quer ser diferente Filó? Pergunta o mosquito Manuelito, voando de lá para cá.

- Eu não quero não! Pude salvar uma vida! Agora aprendi a lição! Responde Filó, com os olhinhos cheios de satisfação.


Tereza Amaral

FOTOGRAFANDO...


quinta-feira, 17 de setembro de 2009

QUANDO FICO SEM MARIA...


Por toda a minha infância povoei minha casa de "amigas" bonecas que brincavam comigo, tinham longas conversas e fantásticas brincadeiras!
Não havia ainda saído das fraldas, como diziam os mais velhos e já estava apaixonada por um outro mundo que seria real e só meu... já levei comigo Mayana... com ela pude experimentar todas as boas sensações de se ter companheiras de verdade! Ela estava ali, mas era totalmente dependente de mim, minhas "comidinhas" não eram mais feitas de folhas do jardim da minha mãe.
Depois de muito aprendizado, chegou Nathalia, foi planejada para sermos as três mosqueteiras! Eu amava brincar... e gosto até hoje!
Elas já não querem mais o meu mundo, este mundo onde tudo é possível e que eu ofereci durante anos.
Brincadeiras e faz-de-conta são deliciosos
Maria gosta do meu mundo, da minha infância e isso me leva de volta pra lá, lá pra onde vai quando se é criança!
Quando ela fica longe de mim, eu fico assim...
Tereza Amaral

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

A MÚSICA PREFERIDA DE MARIA!

Ilustração ( informe o autor, obrigada!)

A Barata diz que tem sete saias de filó!

É mentira da barata, ela tem é uma só! Ah ra ra, iá ro ró, ela tem é uma só !
A Barata diz que tem um sapato de veludo.

É mentira da barata, o pé dela é peludo! Ah ra ra, Iu ru ru, o pé dela é peludo !
A Barata diz que tem sete saias de filó

É mentira da barata, ela tem é uma só! ah ra ra, oh ró ró, ela tem é uma só
A Barata diz que tem um sapato de fivela

É mentira da barata, o sapato é da mãe dela! ah rá rá, oh ró ró, o sapato é da mãe dela
A Barata diz que tem uma cama de marfim.

É mentira da barata, ela tem é de capimAh ra ra, rim rim rim, ela tem é de capim
A Barata diz que tem um anel de formatura.

É mentira da barata, ela tem é casca dura! Ah ra ra , iu ru ru, ela tem é casca dura
A Barata diz que tem o cabelo cacheado.

É mentira da barata, ela tem coco raspado! Ah ra ra, ia ro ró, ela tem coco raspado

E lá vamos nós em 2018!

Tenho demorado cada vez mais para voltar aqui no blog e escrever sobre Maria, nossa vida e nossos sonhos... Muita coisa aconteceu de bom e ...